Jantar de confraternização marca encerramento de atividades do Grupo de Mulheres da Coorsel em 2019

A noite desta sexta-feira (29) ficou marcada para as mulheres dos grupos de mães e idosos que se reuniram para o encerramento do ano das atividades do Grupo de Mulheres da Cooperativa Regional Sul de Eletrificação Rural – Coorsel. O encontro aconteceu na sede da cooperativa e contou com um jantar, entrega de brindes, bingo e muita descontração.

Cerca de 250 mulheres dos municípios de Tubarão, Treze de Maio e Orleans integram os 12 grupos existentes. Eles são beneficiados com o apoio técnico e material em seus respectivos clubes onde desenvolvem trabalhos artesanais.

O projeto existe há 8 anos e a tendência é crescer ainda mais, segundo o presidente da Coorsel, Ivanir Vitorassi. “Mais dois grupos já estão previstos para 2020, quando nossa meta é alcançarmos 300 mulheres. Ficamos felizes ao ver a integração entre as comunidades e a troca de conhecimento entre as mulheres. Desde 2012 essa ideia tem dado certo e esses encontros vêm contribuindo para uma melhor qualidade de vida de todas as participantes”, destacou Vitorassi.

A participante de maior idade do Grupo de Mulheres da Coorsel, Orandina Correa da Silva, de 85 anos, do Sertão dos Correias, não escondia a felicidade de poder estar comemorando o encerramento de mais um ano ao lado de suas amigas. “Poder participar do Grupo de Mulheres me faz bem, com mais energia e disposição para a vida. Quebra aquela rotina de ficar só em casa. É bom sair, conversar e aprender novas coisas”, disse dona Orandina.

Já do município de Orleans, do grupo recém-formado da comunidade de Barracão, a senhora Santina Bianco, aos 76 anos, percorreu mais de 70 km, ao lado das amigas, até chegar à sede da cooperativa em Treze de Maio para o encontro de encerramento. “Estou muito feliz de estar confraternizando e comemorando o final das atividades deste ano. Ano que vem estaremos firmes e fortes novamente pois é muito bom para nós. Além de nos descontrairmos, já estamos até tirando uma renda extra”, relatou dona Santatina.

O projeto atualmente conta com o apoio de três monitoras que visitam os grupos de mães e auxiliam com técnicas e informações para a confecção das peças: Jaqueline Carara, Valdiceia Alano e Bruna Marques que são coordenadas por Marijane Frasson

Compartilhe esta postagem com um amigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *