NOSSA HISTÓRIA

fotos63

 

HISTÓRICO DA ORGANIZAÇÃO

Em 10 de dezembro de 1961 na sede do Clube Recreativo 7 de Setembro em Treze de Maio, ainda distrito da cidade de Tubarão, reunidos com a presença de 54 associados, nos termos do Decreto Lei Federal nº22.239 de 19/12/1932, atualizados pelos decretos Leis número 581 de 01/08/1938 e de 8.401 de 19/12/1945, foi fundada a Cooperativa de Eletrificação Rural de Treze de Maio- Azambuja de Responsabilidade Ltda. sendo eleita nesta oportunidade a primeira diretoria: Conselho de Administração Presidente- Gentil Bez Fontana, Secretario Ismael Thomaz Prevê, membros efetivos do Conselho: Aníbal Guarezi, Ângelo Cechela e Luiz Nandi. Conselho Fiscal Efetivo: Otávio Roldão da Rosa, João Fretta e Pedro Botega. Conselho Fiscal Suplente: João Izidio Borges, Itálico Ghisi e Natal Guarezi, cujo objetivo principal da Cooperativa era construir as redes elétricas e de comprar energia da Cia. Siderúrgica Nacional e distribuí-las a seus associados levando o progresso e desenvolvimento para toda a nossa região principalmente para os municípios de: Treze de Maio, Pedras Grandes e Tubarão.

Em 29/12/1963 o Governo Estadual através da C.E.E.E. autorizou as construções das redes elétricas da Cooperativa, já em 1964 foi assinado convenio com C.E.E.E. visando à construção da subestação abaixadora de 44.000 volts que transformaria a voltagem em 13.800 volts para a distribuição em alta tensão.

Já no final de 1964 e inicio do ano de 1965 o município de Treze de Maio em sua sede já desfrutava dos benefícios da energia distribuída pela Cooperativa, como também a comunidade de Azambuja no Município de Pedras Grandes e logo em seguida as localidades de Santa Cruz, São Gabriel, Lageado, em Treze de Maio, e Sertão dos Correas e Sanga do Lageado no município de Tubarão.

Em 1974 na Presidência da Cooperativa o senhor Nilson Simon Nandi, a nossa Cooperativa incorporou a Cooperativa de Eletrificação Rural de Pindotiba Ltda., e em 1975 também incorporou a Cooperativa de Eletrificação Rural de Rio Novo Ltda. Ambas no município de Orleans/SC, ampliando consideravelmente na época o número de associados de 762 para 1611, surgindo assim a expressão Regional na razão social da cooperativa, pois passou a abranger os seguintes municípios, Treze de Maio, Pedras Grandes, Tubarão, Orleans, Urussanga, Jaguaruna e Sangão.

Em 21 de outubro de 1974 o ex-presidente Nilson Simon Nandi adquiriu o terreno de 3615m² para construir a nova sede.

Em 1979 na gestão do Presidente Luiz Nandi, foi inaugurado a sede própria da cooperativa com 561 m2.

A cooperativa se desenvolveu prestando serviços na distribuição de energia elétrica possuem uma frota de veículos e equipamentos modernos, todos os veículos possuem comunicação de rádio amadores UHF com central instalada na localidade de Boa Vista a uma altitude 1.400 metros acima do nível do mar, monitoradas por uma central instalada na sede da cooperativa em Treze de Maio funcionando 24hs por dia. A cooperativa também implantou o COD (Centro de Operação da Distribuição) para atender os nossos associados em qualquer parte da área de ação da Coorsel (tendo o plantão 24hs).

Em 28 de novembro de 2008,a COORSEL assinou contrato de Permissão para Prestação do Serviço Público de  Distribuição de Energia Elétrica n° 026/2008-ANEEL.

Hoje a COORSEL trabalha seguindo as normas da ANEEL – Agencia Nacional de Energia Elétrica, procurando oferecer a máxima qualidade na prestação de seus serviços zelando pela boa qualidade e atendimento preciso e rápido para todos os seus associados.

A Coorsel vem atualizando tecnicamente seu sistema elétrico, com a construção de novos alimentadores, colocação de religadores automáticos de última geração para medição e controle de energia elétrica, principalmente aos consumidores industriais.

Além de construções e reformas de redes elétricas e renovação da frota, com o passar dos anos observou-se a necessidade de investirmos nas instalações da Coorsel. A sede não possuía mais uma estrutura suficiente para atender ao associado com conforto e qualidade, a eles necessários.

Sendo assim, em 2010 a Coorsel deu início a ampliação de sua sede em Treze de Maio. O primeiro passo dado foi com a construção de um novo almoxarifado e galpão de 230 m². Em seguida foram sendo construídas as novas salas administrativas, cozinha, refeitório além das baias para o depósito de sucatas e a recuperação de materiais e as garagem para os veículos dos funcionários, que anteriormente ficavam expostos fora das instalações da empresa. Um auditório foi construído e poderá ser utilizado pelos associados e seus filhos para cursos e reuniões. O pátio foi totalmente revitalizado, e o novo prédio da Coorsel erguido.  O projeto da nova sede tem estrutura voltada a proporcionar o melhor atendimento e dar mais conforto á todos associados e consumidores.

A luta era intensa pois havia na determinação do presidente Vitorassi em erguer as edificações sem empréstimos. Barreiras a barreiras foram vencidas, etapas por etapas e hoje temos essa obra majestosa que orgulha não só Treze de Maio, mas todo o sistema cooperativo e certamente deixa eufóricos os associados da Coorsel. O evento de inauguração aconteceu no dia 12 de dezembro de 2014 com  a presença de autoridades, associados e colaboradores da Coorsel.